sábado, março 29, 2008

Hannah Montana, o novo ídolo das menininhas

Hannah quem?

Você não sabe quem é, mas sua filha sabe: Hannah Montana
é a nova personagem da Disney que as meninas adoram imitar


Sandra Brasil

A maioria das pessoas provavelmente nunca ouviu falar de Hannah Montana, ou, se ouviu, tem apenas uma idéia vaga de quem seja. Mas pergunte a uma menina de 6 a 12 anos, com conexão à internet e à TV a cabo, e ela terá a resposta na ponta da língua: Hannah é o máximo. No cada vez mais influente, decidido e adulado mundinho dos pré-adolescentes, a pop star que dá nome ao novo seriado do Disney Channel faz tremendo sucesso com sua vida dupla (mas muito comportada), os malabarismos que sua situação requer e, principalmente, suas músicas e coreografias. Parte do sucesso está na fórmula – Hannah Montana repete, deliberadamente, os ingredientes que fizeram de um filme despretensioso, High School Musical, reprisado incessantemente no canal pago e posteriormente em canais abertos, um dos maiores fenômenos de audiência e venda de produtos relacionados da história da Disney. Outra parte se deve à protagonista, a atriz e cantora Miley Cyrus, uma graça de menina que aos 15 anos já é celebridade (veja o quadro) daquelas seguidas o dia inteiro por fotógrafos. À toa, diga-se; até agora não praticou um ato que a desabonasse, e a maior crítica à sua pessoa é que, ao ver uma câmera, invariavelmente sorri e abre os dedos médio e indicador em V, no muito fora de moda gesto de paz.

Hannah Montana tem uma grande vantagem sobre High School Musical: é um seriado, com 26 episódios em cada temporada (está na segunda). Nele, Miley Cyrus é Miley Stewart (sim, o nome é o mesmo), menina de cabelos castanhos e olhos verdes, estudiosa, espirituosa, boa filha e amiga dedicada de Lilly Truscott (Emily Osment) e Oliver Oken (Mitchel Musso). De dia, leva vida normal, mas, quando chega a noite, põe peruca loira e roupas cheias de brilho e se transforma na cantora Hannah Montana, que incendeia platéias com suas coreografias. Por que o disfarce? Porque Miley quer continuar sendo tratada como qualquer jovem de sua idade, no que tem total apoio do pai viúvo, Robby (Billy Ray Cyrus – sim, o pai da Miley de verdade, cantor country de grande sucesso no começo dos anos 90), que inclusive também põe peruca e se disfarça quando a acompanha nos shows. "Hannah Montana pegou carona no estrondoso sucesso de High School Musical", confirma o presidente da Disney no Brasil, Marcos Rosset. "Os dois foram feitos baseados na simplicidade, nos valores familiares e num lado musical fortíssimo. Falam com o mesmo público, uma faixa etária que estava carente de ídolos."

Pode-se dizer que 100% dos fãs de Hannah Montana também são apaixonados por High School Musical. A brasiliense Ana Beatriz Ribeiro, 9 anos, acha que a grande vantagem de Hannah, como era de esperar, é a história mudar. "Não dá para ficar vendo o mesmo filme sempre. No seriado, a gente acompanha a vida da Miley", avalia a menina, que no último aniversário apareceu fantasiada de Hannah, com peruca loira alugada e roupa comprada pela mãe, Dayse, nos Estados Unidos. "Queria ser como as duas: a Hannah, que sabe cantar, dançar e tem um armário cheio de roupas e sapatos lindos, e a Miley, que é divertida e tem bons amigos", fala Ana Beatriz. "Estimulo minha filha a ver esse seriado porque Miley é uma criança normal, que não tem apelo sexual nem quando vira Hannah", explica Dayse. A paulista Maria Eduarda Antunes, 6, vê outro atrativo na história. "O pai da Miley é legal e passa bastante tempo com os filhos", diz. "Deve ser por isso que a Duda anda cobrando que o meu marido fique mais em casa", brinca a mãe, Anna Lucia.

Para o empresário Marcelo Griebler, dono da Yellow Mercantil, que se prepara para lançar no Brasil os instrumentos musicais da linha Hannah Montana, o sucesso do seriado é garantia de venda de brinquedos, roupas, jogos, acessórios e outros produtos da marca que já chegaram ou estão chegando ao país. "Essa turminha sabe exatamente o que quer de presente", diz Griebler. "Eu já tenho camisetas, microfone e mochila. Agora estou esperando as coisas que minha mãe prometeu trazer dos Estados Unidos", conta, animada, a paulista Gabriela Fioranelli, 7. Meninos também vêem Hannah, e se identificam com o irmão de Miley, Jackson (Jason Earles) – mas geralmente são garotos menores levados pelo entusiasmo da irmã mais velha. Calcula-se que mais de 160 milhões de crianças e pré-adolescentes de todo o planeta assistam diariamente ao seriado, que se passa em Malibu, na Califórnia. No Brasil, esse número deve aumentar quando a primeira temporada estrear na Rede Globo, na semana que vem. Além disso, no próximo dia 25 será lançado no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Florianópolis o filme em 3D Hannah Montana & Miley Cyrus Show: o Melhor dos Dois Mundos, produzido durante uma turnê (em metade do espetáculo, ela é uma; na outra metade, a outra) por 69 cidades americanas no ano passado. Batizada Destiny Hope Cyrus, Miley (abreviação de "smiley", sorridente) já era veterana de filmes e programas de televisão quando se candidatou ao papel de Hannah, aos 11 anos. Foi chamada dois anos depois, e deu no que deu. A Disney não informa se haverá uma terceira temporada de Hannah Montana, mas anuncia o lançamento neste ano do filme Camp Rock, com os meninos da banda Jonas Brothers – Kevin, 20 anos, Joe, 18, e Nick, 15. Vem aí mais uma dose da mesma fórmula.

Foto divulgação

Arquivo do blog