sábado, março 29, 2008

Comentårio de Reinaldo Azevedo

1 – A ministra faz uma confusão que lhe é conveniente. O que está sendo processado no tal Suprim não é mesmo o dossiê. E ninguém afirmou o contrário. Dossiê é a seleção que se fez daqueles documentos para atingir a imagem do ex-presidente e da sua mulher. E o dossiê saiu da Casa Civil.
2 – Quanto aos gastos não-divulgados, Dilma Rousseff poderia responder: e quem decide o que deve e o que não deve ser secreto?
3 – Assim, o governo se dispõe a entregar tudo à CPI, menos os dados que considerar inconvenientes porque poriam em risco a segurança das autoridades. Como isso não está especificado em lugar nenhum, o governo entrega o que bem entender.
4 – A quem interessa? A ministra deve perguntar a quem fez o dossiê. E o dossiê foi feito em seu ministério.

Blog Reinalo Azevedo

Arquivo do blog