segunda-feira, julho 21, 2014

Diário do Poder – Cláudio Humberto

Democracia Política e novo Reformismo: Diário do Poder – Cláudio Humberto

Diário do Poder – Cláudio Humberto

- Jornal do Commercio (PE)


• Lula manda Franklin ficar na campanha de Dilma

Em pé de guerra com o marqueteiro João Santana – o queridinho da presidenta Dilma –, o ex-ministro Franklin Martins recebeu determinação do ex-presidente Lula para aguentar a onda e permanecer na campanha presidencial. Dirigentes do PT desconfiam que o vazamento da crise do Planalto, após publicação de post contra CBF no site Muda Mais, teria sido estimulado por Dilma, para pressionar Franklin a pedir demissão.


• Pode vir quente

A briga começou após Franklin se recusar a retirar do ar post com críticas ao futebol, com ataques diretos ao presidente da CBF, José Maria Marin.


• Queda de braço

A fim de enfraquecer Franklin, Dilma mandou desvincular o Muda Mais de sua campanha à reeleição. O site é coordenado pelo ex-ministro de Lula.


• Todos contra uma

O conselho deliberativo da Associação Médica Brasileira também decidiu, em reunião na sexta, se posicionar contra política de saúde de Dilma.


• Veto explícito

Ninguém confirma, mas a ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT-CE) não é bem vinda no comitê do candidato de seu partido, Camilo Santana.


• Serra considera Kassab o 'melhor adversário'

O ex-governador José Serra foi convencido pela cúpula do PSDB de que não poderia ter sido melhor a decisão de Gilberto Kassab (PSD-SP) de ser seu adversário na disputa ao Senado. Na avaliação da sigla, apesar de roubar mais votos de Serra do que de Eduardo Suplicy (PT), Kassab não atacará o tucano em sua campanha, como ocorreria se Gabriel Chalita (PMDB) ou Henrique Meirelles (PSD) fossem os candidatos.


• Dos males…

A direção do PSDB acredita que, além de evitar bater em Serra, seu padrinho político, Gilberto Kassab não deverá sair do terceiro lugar.


• … o menor

Ciente de que deverá sair derrotado, Kassab já aposta na criação do Partido Liberal para servir de 'janela' a políticos após as eleições.


• Camaleão

O comentário no PSDB é que Kassab será ministro de qualquer jeito em 2015. Com a reeleição de Dilma ou com vitória de Aécio Neves.


• Poderoso

O novo subchefe para Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil, Jorge Rodrigo Messias, tem poder com o ministro Aloizio Mercadante. Foi secretário de regulação do Ministério da Educação e lá realizou um trabalho considerado de alto nível.


• Religião à parte

Apesar de ser evangélico de carteirinha, o senador e candidato ao governo Marcelo Crivella (PRB-RJ) já avisou ao pastor Everaldo que apoiará a reedição do governo Dilma, do qual fez parte como ministro.


• Céu de brigadeiro

A conselheira do CADE Ana Frazão analisa com amigos a possibilidade de se lançar a vaga do quinto constitucional de tribunal regional federal. Ela tem a simpatia de Beto Vasconcelos, chefe de gabinete de Dilma.


• Aposta alta

Presidente do PSDB-SP, Duarte Nogueira aposta que a quantidade expressiva de candidatos majoritários do partido ajudará a praticamente dobrar bancada federal em 2015: "Esperamos chegar a 70 deputados".


• Em pé de guerra

O PROS e o PT do Ceará brigam por tudo. O governador Cid Gomes impôs a cor laranja a seu candidato a sucessão, Camilo Santana. O PT quer vermelho. O PT queria o comitê de campanha numa avenida tradicional das siglas de esquerda. O PROS impôs no Parque do Cocó.


• Só pra contrariar

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN) tem pedido a prefeitos votos para a deputada Fátima Bezerra (PT) ao Senado contra Wilma de Faria (PSB), que está na chapa apoiada pelo senador José Agripino (DEM).


• Padrão Itaú

Cliente do Itaú foi à agência, pôs dinheiro para despesas das férias em cartão de débito, fez o que o banco exigiu, inclusive trocar a senha etc. Mas ao chegar na Europa descobriu que o cartão não valia e estava sem dinheiro. E sem chances de resolver o problema durante a viagem.


• Apoio a Reguffe

Pedro Simon (PMDB-RS) viajou a Porto Alegre e não foi ao lançamento da candidatura de Antonio Reguffe (PDT-DF) a Senador, mas enviou mensagem. "Reguffe não é uma esperança, é uma realidade", disse.


• Pensando bem

… Lula desafia o PSDB a provar que alguém criou mais mecanismos anticorrupção do que ele, mas não abre o bico sobre a amiga Rose.



Enviada do meu iPad

Arquivo do blog